IronPython caminhando… a passos largos !

Eu já estava pensando em escrever um post sobre IronPython há algum tempo, e com o empurrão que recebi hoje pela manhã, não tive dúvida, a hora é esta. 😉

Fui em uma reunião de uma consultoria que estou prestando sobre digitalização de imagens, estávamos discutindo métodos, ferramentas e bibliotecas para a implantação de uma rotina de digitalização em um software pré-existente e avaliando se faríamos em .Net (acessando via DCOM talvez) ou Win32, também discutindo sobre que linguagem utilizar se fosse .Net, e eu como sempre citei além de C#, Delphi e VB.Net, a Python, e um dos presentes na mesa (que até esta reunião eu não conhecia) citou IronPython.

Fiquei muito satisfeito em ver que mais pessoas estão avaliando o uso de IronPython como linguagem de desenvolvimento para .Net.

Ainda comentei rapidamente (para não desviar do assunto principal) que há poucos dias (acho que ontem) foi lançado oficialmente o suporte de IronPython para ASP.net com um plugin para o Microsoft Visual Studio (inclusive o Express). 😀

Segue abaixo alguns sites e blogs sobre IronPython:

Atualização: Quando me refiro ao Express, o certo seria dizer:
Microsoft Visual Web Developer 2005 Express Edition que é gratuito

Anúncios

2 Respostas to “IronPython caminhando… a passos largos !”

  1. Laércio Queiroz Says:

    Realmente o IronPython vem “crescendo e aparecendo”! Apesar de enfrentar críticas de alguns “xiitas digitais” o Iron mostra definitivamente que é uma excelente opção de desenvolvimento de aplicações inclusive para a plataforma .Net.

    Tenho visto o seu ótimo desempenho, e em alguns casos até superior (sem querer ser tendencioso) em relação às linguagens mais utilizadas no mercado atual, já iniciei os meus estudos! 😛

    Mas como “quem só tem o martelo, pensa que todo problema é prego…”, acho melhor alguns desenvolvedores reverem seus conceitos! Nem sempre aquela tecnologia que você está acostumado a utilizar será a melhor solução para o seu cliente!

    Acho que entendo alguns programadores,… é que a facilidade as vezes da medo! Me assustou tbm 😀

    Abraço Juracy

  2. João Marcus Says:

    A facilidade tem um custo também: não há o suporte a IntelliSense bom como quando se usa C#.
    A coisa *MUITO* legal do IronPython é que você *NÃO* precisa fazer tudo em IronPython. Você pode, por exemplo, criar classes auxiliares em IronPython que podem fazer algumas coisas de uma forma muito mais ágil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: